17/10/2023 às 20h44min - Atualizada em 17/10/2023 às 20h44min

Suspeitos de triplo homicídio no Vale do Reginaldo são identificados pela polícia

TNH1
https://www.tnh1.com.br
Foto: Arquivo TNH1

A Polícia Civil de Alagoas identificou os suspeitos de participarem do assassinato de três pessoas no Vale do Reginaldo, no bairro do Poço, em Maceió, na última quinta-feira (12). De acordo com as investigações, as mortes têm ligação com a disputa de dois grupos rivais pelo tráfico de drogas na região. Até o momento, ninguém foi preso. 

Segundo informações confirmadas pelo delegado Arthur César, que está à frente das investigações, os autores e duas vítimas, um homem que não teve a identidade divulgada e um jovem de 19 anos, já são "figuras" conhecidas da polícia alagoana.

"Esse crime tem ligação com uma disputa de dois grupos rivais pelo controle de tráfico de drogas naquela região. Duas vítimas, os dois homens, são figuras conhecidas da polícia. Inclusive, havia mandado de prisão contras esse dois homens. Já ouvimos testemunhas do crime e identificamos os suspeitos de terem cometido o atentado", explicou.

Ainda segundo o delegado, a morte da terceira vítima, uma mulher, de 29 anos, foi praticada por um outro grupo criminoso, como forma de retaliação pela morte dos dois homens.

"Ainda não sabemos a motivação da morte dessa mulher. O que sabemos é que foram eventos distintos, porém com ligação. Uma das linhas de investigação aponta que ela teria sido assassinada como forma de retaliação pela morte dos dois homens, mas isso ainda está sendo investigado. O marido dessa mulher, que foi preso logo em seguida em posse de uma arma de fogo, foi liberado. Ainda não sabemos se ele tem ligação com o atentando contra os dois jovens".

O caso - Três pessoas foram vítimas de homicídio após serem atingidas por disparos de arma de fogo, no Vale do Reginaldo, no bairro Poço, em Maceió, nessa quinta-feira, 12. Um homem e uma mulher morreram ainda na comunidade, enquanto a terceira vítima, um jovem de 19 anos, foi socorrido por populares, mas deu entrada sem vida no Hospital Geral do Estado.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp