07/10/2023 às 00h34min - Atualizada em 07/10/2023 às 00h34min

No Rei Pelé, CRB domina Ceará e segue vivo na briga pelo acesso: 2x0

Galo aproveita a fragilidade do Vozão e seca adversários diretos para ficar mais perto do G4 da Série B

Guilherme Nobre
https://www.gazetaweb.com
Galo enterrou o Vozão e subiu na tabela de classificação - Ailton Cruz
Finalmente o torcedor regatiano vai ter um final de semana de paz. Na noite desta sexta-feira (6), o CRB derrotou o Ceará, por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé, em duelo válido pela 31ª rodada da Série B. Com uma atuação dominante desde o início, o Galo se recuperou na tabela e praticamente zerou as chances de acesso do Vozão.
 

Os gols da vitória foram marcados por Anderson Leite e Léo Pereira. Inclusive, esta foi a quarta vitória seguida do Regatas dentro do Rei Pelé.

Confira como foi o embate no YouTube da Gazeta:


CRB X CEARÁ - AO VIVO - COM IMAGENS NO TIMAÇO NA REDE GAZETA DE RÁDIOS - 06-10-23
 
Com o resultado, o Galo subiu duas posições. Após começar a rodada em 10º, o time regatiano dorme em oitavo, com 48 pontos. Porém, o time seca Criciúma e Vila Nova para terminar a rodada nesta posição. Já o Alvinegro segue em uma crise terrível e é o 11º, com 42 pontos.

Agora, a dupla terá compromisso apenas na semana que vem. O CRB entra em campo no sábado, dia 14, para enfrentar o Ituano no Estádio Novelli Júnior, em Itu. A bola rola às 17h. No mesmo dia, mas um pouco mais tarde, é a vez de o Ceará jogar. O Alvinegro pega o Sampaio Corrêa, no Castelão, em Fortaleza, às 18h30.

Ceará teve uma noite horrorosa no Trapichão - Foto: Ailton Cruz
 

1º TEMPO

 

A bola rolou diante de um público tímido, mas com as duas equipes bem dispostas a fazerem algo diferente. Com 3min, o CRB buscou a primeira jogada, pela esquerda, mas Anselmo não alcançou para finalizar. Após isso, a partida ficou mascada, com poucas chegadas no ataque.

O Galo preferiu jogar mais pelas pontas. Com 10min, Lucas Lima foi lançado na direita, invadiu a área, mas pegou mal na hora de finalizar. Com 11min, foi a vez de Léo Pereira ser lançado. Entretanto, mais uma vez o chute foi ruim. Enquanto isso, o Vozão pouco ameaçava, sem dar trabalho para a defesa regatiana.

Até os 18 minutos, nenhum chute na direção do gol havia sido dado. Até que João Paulo cobrou escanteio na área, Anselmo tocou e Lucas Lima marcou para o Galo. Todavia, o lance foi anulado, por impedimento.

Partida começou mascada no Trapichão - Foto: Ailton Cruz
 

O Ceará era inofensivo, até os 23 minutos. Na primeira chegada boa, Jean Carlos chutou de fora e Alemão cabeceou para o próprio patrimônio, quase marcando contra, mas a bola saiu pela linha de fundo. Com 27 minutos, o Vozão chegou de novo, mas Saulo Mineiro deu um chute horroroso, por cima do travessão.

Faltava o calibre no pé e o CRB conseguiu, enfim, aos 31 minutos. Em uma falha grotesca da defesa alvinegra, Anselmo roubou a bola e tocou para Léo Pereira. A sobra ficou para Anderson Leite na entrada da área. O herói improvável finalizou no canto e abriu o placar: 1 a 0.

O gol aliviou a situação para o lado regatiano. Mesmo assim, o Ceará não reagia. Com 39min, Erick conseguiu achar um espaço e tocou para Barletta, que finalizou para fora. Com 43min, quase o Vozão empatou em uma jogadaça. A bola pingou na área e Pagnussat arrumou para Léo Santos dar de calcanhar e a bola saiu com extremo perigo.

CRB ficou com a vantagem na primeira etapa - Foto: Ailton Cruz

O Galo deu uma segurada no ímpeto, mas aos 47 minutos quase fez o segundo. Anselmo apareceu na direita e tocou para Léo Pereira sozinho, na área. Para salvar o Vozão, André Luiz fez uma defesaça. Aos 49min, a arbitragem ainda marcou pênalti para o CRB, após toque em Léo Santos, na área. Porém, após três minutos de demora, o VAR chamou e a infração foi anulada.

Nada mudou no primeiro tempo e, aos 58 minutos, soou o apito final.

2º TEMPO

O segundo tempo não poderia começar melhor para os regatianos. O CRB não mudou, mas o Ceará também não. Com isso, a defesa voltou a falhar, aos 3 minutos. Tiago Pagnussat fez um recuo ridículo para o goleiro André Luiz. Léo Pereira apareceu no meio, cortou a defesa e ampliou sem maiores problemas: 2 a 0.

O CRB era dono de todas as ações, enquanto o Vozão era nulo em tudo que tentava. A melhor chance do Ceará foi aos 13 minutos. Na bola parada, Jean Carlos cobrou falta direto e a redonda explodiu na trave de Diogo Silva. Com 15 minutos, Erick também tentou de fora e Diogo segurou.

Galo ampliou vantagem no início da segunda etapa - Foto: Ailton Cruz

O Ceará até começou a criar ímpeto para buscar diminuir o placar, mas nada que ameaçasse o goleiro Diogo Silva. Com 22min, Janderson experimentou, mas foi travado.

Cauteloso, o Galo pouco atacou. Vagner Mancini apostou em jogadores mais ofensivos, de velocidade, mas os lances seguiam sem aparecer. Com 35 minutos, a bola pingou no centro da área. Nícolas resvalou e Diogo Silva defendeu mais uma.

Nos minutos finais, a falta de disposição afetou o Ceará, que não encontrava forças para buscar o primeiro gol. Sabendo disso, o Galo só controlou a posse de bola. Com pouco tempo, o Vozão até tentou aos 49min, só que não finalizou no gol. Aos 51 minutos, enfim, soou o apito final, decretando a vitória regatiana.

CRB subiu para oitavo lugar - Foto: Ailton Cruz

FICHA TÉCNICA

CRB - Diogo Silva; Hereda, Fábio Alemão, Ramon Menezes e Matheus Ribeiro; Falcão (Auremir), Lucas Lima (Saimon), Anderson Leite (Juninho Valoura) e João Paulo (Rafael Longuine); Léo Pereira e Anselmo Ramon (Rômulo). Técnico: Daniel Paulista.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp