24/09/2023 às 12h10min - Atualizada em 24/09/2023 às 12h10min

Baleia Jubarte de quase 10 metros é encontrada morta na praia de Ponta Verde

Maceió - Al

TNH1
https://www.tnh1.com.br
Imagem cedida

Uma baleia da espécie Jubarte foi encontrada morta próximo ao Farol da praia de Ponta Verde, na capital alagoana.  Banhistas avistaram o animal, de quase 10 metros (9,70 metros) de comprimento, e registraram as imagens.

De acordo com o  Instituto Biota, se tratava de uma fêmea, mas a causa da morte ainda não foi identificada. Ela teria morrido em alto mar, e encalhou já sem vida na Ponta Verde.

Período de reprodução provoca encalhes

Bruno Stefani, do Instituto Biota, explica que o aumento dos encalhes se dão por conta do período de reprodução da espécie. "Entre agosto e novembro, período reprodutivo da espécie, os animais vêm das áraes frias para o Nordeste para se reproduzir, e com o aumento populacional é comum crescer o número de encalhes de fêmeas e de filhotes". 

Cedida

As autoridades competentes foram acionadas, na manhã deste domingo (24), para a remoção do animal. 

Desde ontem à noite uma aglomeração de banhistas e populares estiveram no local para observar o animal, que causa admiração pelo tamanho. 

Cedida

Jubarte em Alagoas

Em 2023 já são quatro casos de encalhe de baleias da espécie Jubarte no litoral alagoano, segundo o Projeto Baleia Jubarte.

No começo do mês, após um grupo de baleias da mesma espécie proporcionar um espetáculo de saltos, no mar da Praia do Peba, em Piaçabuçu, Litoral Sul de Alagoas, no dia 03, uma Jubarte foi encontrada morta dias depois, próximo à foz do Rio São Francisco, também Pontal do Peba, no mesmo município. na ocasião, o Instituto Biota informou que uma equipe da empresa Visão Ambiental, que presta consultoria ambiental foi ao local para realizar a necropsia do animal com o objetivo de identificar a causa da morte.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp