10/09/2023 às 20h03min - Atualizada em 10/09/2023 às 20h03min

No Rei Pelé, CRB atropela o líder Vitória e volta a sonhar com G4: 6x0

Galo marcou seus três gols com Lucas Lima, Fábio Alemão, Léo Pereira, Bruno Silva e João Paulo; time agora soma 42 pontos, na 9ª posição

Fernanda Medeiros
https://www.gazetaweb.com
Ailton Cruz - Comemoração do 3º gol regatiano, de Léo Pereira

Na noite deste domingo (10), o CRB não tomou conhecimento do líder Vitória. Foi um verdadeiro chocolate! Isso mesmo. O Galo atropelou o time baiano, ao aplicar-lhe um sonoro 6 a 0, no duelo válido pela 27ª rodada da Série B. A partida foi disputada no Estádio Rei Pelé, que contou com a presença das duas torcidas.

 
 
 
 
 
 
 

Os gols do Galo foram de Lucas Lima, Fábio Alemão e Léo Pereira, no 1º tempo; e Bruno Silva (2x) e João Paulo, na segunda etapa. Com esse belo resultado, o time regatiano soma agora 42 pontos, ocupando a 9ª colocação na tabela, estando apenas a três pontos do G4. E o time rubro-negro ainda é o líder, com os mesmos 49 pontos somados.

Antes de a bola rolar, houve um minuto de silêncio no estádio, em homenagem ao tenente da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) Abraão da Silva Taveira, que era torcedor regatiano e faleceu na sexta-feira (8). Ele tinha ficado dez dias internado na UTI do Hospital de Base, em Brasília, depois de sofrer um acidente durante um treinamento no Distrito Federal-DF.

Na rodada que vem (28ª), apenas no sábado (16), dia em que comemora o seu aniversário de fundação, o CRB vai enfrentar o Juventude, fora de casa, às 18h, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O Vitória, por sua vez, voltará a campo no domingo (17), também às 18h, no Barradão, onde vai receber o Avaí.

Jogadores do CRB comemoram o gol da equipe - Foto: Ailton Cruz

1º Tempo

O CRB começou o jogo trabalhando a bola com calma e chegou com perigo, após uma cobrança de lateral, quando Anselmo Ramon tentou com um chute forte de perna esquerda, mas o goleiro Lucas Arcanjo foi lá no alto e espalmou, no primeiro minuto. O Galo estava impossível e, aos 6 minutos, Hereda recebeu a bola na direita, cortou Marcelo e cruzou na área, mas Yan Souto cortou de cabeça.

A primeira chegada do Leão se deu aos 6 minutos, quando Osvaldo se mandou pela ponta direita e chutou no gol, rasteiro, mas Diogo Silva defendeu sem dificuldades. Aos 8min de novo o Vitória: Thiago Lopes recebeu a bola na entrada da área e buscou Mateus Gonçalves. A defesa do CRB afastou, Falcão deu uma furada e Rodrigo Andrade chutou com perigo, mas a bola foi para fora.

Aos 12 minutos, quem tentou foi o Galo. Após uma cobrança de escanteio, Ramon Menezes finalizou de cabeça, mas viu Lucas Arcanjo pular para salvar o time baiano de levar o gol, mais uma vez. O jogo chegava aos 15 minutos e o Vitória até deu uma melhorada em campo, chegando com bons passes até o campo de ataque, sobretudo com as movimentações de Osvaldo, usando a experiência de seu jogador mais produtivo.

Aos 16min, o time baiano deu uma roubada de bola no campo de ataque, Osvaldo dominou pela esquerda, mandou a bola entre as pernas do zagueiro e caiu. Ele ainda chegou a pedir a falta, mas o árbitro não foi na dele e mandou o jogo seguir. Aos 19', mais uma tentativa do Leão. Thiago Lopes cobrou o escanteio, Yan ganhou no alto e finalizou de cabeça, mas viu a bola passar bem perto da trave de Diogo Silva.

Mas quem abriu o placar mesmo foi o Galo, aos 23 minutos. Após a cobrança de falta, Anselmo Ramon recebeu dentro da área e bateu cruzado. A defesa do Vitória afastou, a bola bateu no travessão e sobrou para Lucas Lima apenas mandar para o fundo da rede: 1 a 0 para o CRB, levando a torcida à loucura no Trapichão.

Aos 40', o Galo pediu um pênalti, um toque na mão do zagueiro Yan Souto, mas o árbitro nada assinalou, disse que o braço estava colado ao corpo. O árbitro deu 3 minutos de acréscimos e o CRB ainda fez o segundo gol. Fábio Alemão iniciou contra-ataque, lançou para Léo Pereira, que jogou na área, Anselmo Ramon desviou de cabeça e a bola tocou em Fábio Alemão e entrou: 2 a 0, aos 47 minutos. O lance ainda foi visto no VAR, mas o gol foi confirmado.

E eis que o terceiro gol regatiano veio, aos 50 minutos. O CRB foi em contra-ataque rápido, Anselmo Ramon deu um belo passe de calcanhar para Léo Pereira apenas invadir a área do Vitória e bater no canto esquerdo de Lucas Arcanjo, sem chances: 3 a 0. Após o gol, foi encerrado o primeiro tempo no Rei Pelé, aos 53 minutos.

Lucas Lima comemora o seu gol pelo CRB - Foto: Ailton Cruz

2º Tempo

No retorno para a segunda etapa, o Vitória, com o placar adverso, voltou a campo logo com duas substituições. Aos 3 minutos fez a sua primeira tentativa. Zé Hugo cortou para o meio e deu um bom passe para Wellington Nem, que tinha acabado de entrar. Ele tentou a enfiada de bola para Osvaldo, mas tocou errado.

Aos 5 minutos, o Vitória por pouco não fez o seu primeiro gol. Wagner Leonardo roubou a bola na entrada da área e partiu em contra-ataque. Wellington Nem enfiou a redonda para Zé Hugo invadir a área e chutar forte, mas ele viu a boa defesa de Diogo Silva.

Aos 9 minutos, Wellington Nem deixou Falcão para trás e tocou na ponta direita para Osvaldo, que ajeitou e procurou Iury Castilho pelo alto. Mas Ramon subiu mais que ele e afastou. O Leão tentava, se atirava mais, mas sem sucesso. E o técnico Léo Condé, que já treinou o CRB, fez mais mudanças em seu time, tentando, ao menos, diminuir o vexame.

E o Vitória seguia tentando, em busca do gol. Aos 18 minutos, Camutanga arrancou pelo meio e tocou para Osvaldo, que mais uma vez arriscou o cruzamento na segunda trave. Zé Hugo não conseguiu desviar e Ramon afastou com os pés, livrando o perigo. Um minuto depois, mais Vitória: Osvaldo cobrou uma falta venenosa, Wagner Leonardo desviou e Diogo Silva fez um verdadeiro milagre para defender.

Passando dos 20 minutos de bola rolando, o técnico Daniel Paulista também fez alterações em sua equipe, para descansar os jogadores e administrar bem a boa vitória. Na primeira vez que o Galo tentou na segunda etapa, quase fez o quarto gol, aos 28 minutos. E foi assim: Anselmo Ramon deu uma enfiada de bola para Bruno Silva, este invadiu a área adversária e chutou, mas Lucas Arcanjo fez uma bela defesa.

Mas quem pensou que o Galo tinha desistido, enganou-se. Vieram mais três gols do CRB na partida. Aos 31 minutos, em jogada que começou em lateral para o CRB, a bola foi levantada na área, Anselmo Ramon completou de cabeça, Lucas Arcanjo defendeu, mas Bruno Silva pegou a sobra e guardou: 4 a 0. Aos 35min, mais um. Em cobrança de bola parada, Matheus Ribeiro recebeu nas costas da defesa e cruza rasteiro para João Paulo, livre, só fazer o quinto: 5 a 0.

Era a goleada no Rei Pelé que teve mais um tento do time regatiano. Aos 38 minutos, em mais um contra-ataque, Hereda cruzou rasteiro para Bruno Silva apenas completar e fazer o sexto do CRB, o segundo dele no jogo: 6 a 0. A essa altura, a torcida do CRB só gritava "olé" no Trapichão. E, aos 47 minutos a partida e a goleada foram encerradas.

CRB e Vitória em jogo bem disputado - Foto: Ailton Cruz

Ficha Técnica

CRB - Diogo Silva; Hereda, Fábio Alemão, Ramon (Gum) e Matheus Ribeiro; Falcão, Lucas Lima (Auremir) e João Paulo; Léo Pereira, Renato (Bruno Silva) e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Vitória - Lucas Arcanjo; Yan Souto, Camutanga, Wagner Leonardo e Marcelo; Rodrigo Andrade, Dudu e Thiago Lopes (Wellington Nem); Mateus Gonçalves (Zé Hugo), Osvaldo e Iury Castilho (Léo Gamalho). Técnico: Léo Condé.

Árbitro - Luiz Flávio de Oliveira (CBF/SP).

Assistentes - Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF/SP) e Leandra Aires Cossette (CBF/SP).

Quarto árbitro - Jonata de Souza Gouveia (CBF/AL).

Árbitro de vídeo (VAR) - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa/SP).

Assistente do VAR - Herman Brumel Vani (CBF/SP).

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp