20/08/2023 às 12h50min - Atualizada em 20/08/2023 às 12h50min

Estande inclusivo da Secult encanta visitantes na 10ª Bienal Internacional do Livro

Evento ocorre até este domingo no Centro de Convenções de Maceió

Ryan Charles/Ascom Secult
https://alagoas.al.gov.br
Estande da Secult apresenta o tema "Inclusão e Diversidade" com 12 horas diárias de atividades inclusivas Alexandre Teixeira

A 10ª edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas, evento literário e cultural realizado de forma conjunta pelo Governo de Alagoas e Universidade Federal de Alagoas (Ufal), está em pleno andamento no Centro de Convenções Ruth Cardoso e ocorre até este domingo (20). Entre os destaques, a Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de Alagoas (Secult) preparou um estande cheio de atividades.

Este ano, a Secult optou pelo tema "Diversidade e Inclusão", com uma programação de 12 horas diárias inteiramente voltada a essa temática. O estande oferece uma variedade de atividades, incluindo recreação para crianças, performances de artistas diversos, leitura afro, além de interpretação em libras e braille, tudo com o intuito de fornecer atividades educativas e traduções simultâneas durante as apresentações. Além disso, em parceria com a Biblioteca Pública Graciliano Ramos, todos os dias estão sendo feitos lançamentos de livros de autores alagoanos.

Felipe Silva, um dos intérpretes em destaque no estande da Secult, enfatizou a importância da acessibilidade comunicacional em eventos como esse. "Essa parceria com a Secult fornece uma acessibilidade completa. Além de libras, fornecemos braile e espaço de guia para Transtorno do Espectro Altista. Então essas são umas das poucas maneiras que fazemos a Bienal ser mais acessível e ninguém fique desassistido, mas se sinta incluído", destacou o intérprete.

Lucas Eduardo, de 23 anos, que é surdo, elogiou a experiência no estande da Secult com o auxílio de um dos intérpretes. “É minha primeira vez na Bienal, gostei que aqui há livros, brincadeiras, brindes, mas, principalmente, a acessibilidade para outras formas de linguagem. Não só para mim, mas para meus amigos que também são cegos, as brincadeiras em braille são muito importantes”, destacou Lucas.

A estudante Thais Dias levou sua prima, Camila, de 12 anos, para explorar o espaço e destacou a alegria de ver sua área de estudo sendo valorizada pelo Estado. "O espaço é diversificado e repleto de representatividade. Estudei libras durante muito tempo e sei como às vezes é tratada como algo secundário. Além de intérpretes em libras, é gratificante ver a inclusão de mulheres negras na programação, como eu", ressaltou Thais.

Acolhimento

"Essa iniciativa da Secult visa celebrar a rica diversidade cultural de nosso Estado. Nosso objetivo é que todos se sintam ouvidos e acolhidos. A programação está incrível, e sinto um grande orgulho desse trabalho”, disse a secretária de Estado da Cultura e Economia Criativa, Melina Freitas.

Para conferir a programação completa do estande da Secult, acesse o site oficial da secretaria por meio do link: http://www.cultura.al.gov.br/noticia/22-rotativas/1389-secult-divulga-programacao-completa-de-seu-estande-na-10-bienal-internacional-do-livro-de-alagoas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp