31/07/2023 às 22h10min - Atualizada em 31/07/2023 às 22h10min

Governo lança nesta terça maior programa de água e saneamento já visto no estado

Mais Água Alagoas reúne investimentos públicos e privados que vão mudar a vida de milhares de alagoanos

Marcus Toledo / Agência Alagoas
https://alagoas.al.gov.br
Programa viabilizará o fornecimento de água e da construção de redes de esgoto em praticamente todos os municípios. Agência Alagoas

O Governo de Alagoas lança, nesta terça-feira (1°), às 10h, no Palácio República dos Palmares, o maior programa de abastecimento d’água e saneamento básico já visto no estado. Coordenado pela Secretaria de Estado de Governo (Segov), o Mais Água Alagoas reúne investimentos públicos e privados, com o objetivo de levar à população mais saúde e melhor qualidade de vida por meio do fornecimento de água e da construção de redes de esgoto em praticamente todos os municípios.

 

Na solenidade, a empresa BRK Ambiental assinará um financiamento de R$ 900 milhões junto ao Banco do Nordeste, que vai viabilizar projetos de saneamento na região metropolitana de Maceió. Estarão presentes, além do governador Paulo Dantas, o secretário de Estado de Governo, Vitor Pereira; o presidente do BNB, Paulo Câmara; e o CEO da BRK, Alexandre Thiollier.

 

O Mais Água Alagoas vai atuar em duas frentes: monitorando os investimentos realizados pelas concessionárias de água e esgoto que atuam no estado (BRK, Verde Alagoas e Águas do Sertão) e promovendo investimentos em infraestrutura por meio das secretarias de Estado de Infraestrutura e do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, além da Casal e Instituto do Meio Ambiente.

 

 

“Isso é uma marca do Governo Paulo Dantas. Todas as secretarias trabalham integradas, e nós reunimos neste programa todas as políticas que tratam de água em Alagoas. Isso é importante para que nós, da Segov, possamos acompanhar em tempo real esses investimentos e os serviços que estão sendo entregues à população pelos nossos concessionários e pelos órgãos públicos, buscando assegurar que o Estado alcance um alto padrão de qualidade do serviço e possibilite transparência à população”, explica Vitor Pereira.

 

Acesso à água

 

As concessões assinadas pelo Governo do Estado com as três empresas vencedoras dos processos de licitação – com duração de 35 anos – prometem transformar a realidade de Alagoas. Só a BRK prevê o fornecimento de água para 1,5 milhão de alagoanos nas 13 cidades da Região Metropolitana de Maceió. O índice de imóveis com água encanada deve chegar em 99% em 2033. O contrato prevê também esgotamento sanitário para 90% da população até o ano 2037, com 83% de cobertura já em 2029.

 

A Águas do Sertão, que atua em 34 municípios das regiões Sertão e Agreste, deve investir R$ 1,9 bilhão ao longo dos 35 anos. O compromisso é conectar 100% dos domicílios à rede de água até 2027, e 90% à rede coletora de esgoto até 2033.

 

Por fim, A Verde Alagoas, responsável pela administração dos serviços de fornecimento de água e esgotamento sanitário em 27 municípios do Litoral Norte e Zona da Mata de Alagoas, tem a missão de transformar, gradualmente, o sistema de água e esgotamento sanitário para mais de 400 mil alagoanos.

 

Litoral Norte 

 

Mas os investimentos nessas áreas não estão restritos às empresas privadas. Em junho deste ano, o governador Paulo Dantas assinou um empréstimo de R$ 1,04 bilhão junto ao Banco do Brasil para investimento em várias áreas. Entre elas, a melhoria no fornecimento d'água em 18 cidades do Médio Sertão e da Bacia Leiteira, e o abastecimento e saneamento de cinco municípios da região Norte - Maragogi, Porto de Pedras, Passo de Camaragibe, Japaratinga e São Miguel dos Milagres -, beneficiando cerca de 90 mil alagoanos, além dos milhares de turistas que visitam a região. Só na região Norte, o investimento passa dos R$ 470 milhões.

 

Há ainda obras da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, denominadas micro sistema de abastecimento d’água, em São José da Tapera, Lagoa da Canoa, Senador Rui Palmeira e Inhapi, no Sertão alagoano; e Craíbas, São Sebastião e Girau Do Ponciano, no Agreste. O investimento é de R$ 24 milhões.

 

Já a Casal está investindo cerca de R$ 2,2 milhões em obras do sistema de abastecimento em Estrela de Alagoas, Capela e Maribondo. Também foram investidos cerca de R$ 200 milhões em uma série de obras já concluídas em vários municípios, com destaque para a Estação de Tratamento de Esgotos de Maceió, localizada no Farol, que beneficiou 120 mil pessoas.

“Ao acompanharmos as obras em tempo real, vamos medir a eficiência dos investimentos em todo o estado, e esse é um ponto central do programa”, afirma Vitor Pereira. “Junto com as concessionárias, hoje estamos priorizando os locais onde o fornecimento de água e o tratamento de esgotos são mais precários. Estamos aumentando e redirecionando os investimentos para, a partir daí, atingir dois objetivos: fazer com que a água chegue com mais regularidade e maior volume às pessoas, e que a gente cumpra o objetivo de universalizar a água no Estado”, concluiu Vitor.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp