01/07/2023 às 13h36min - Atualizada em 01/07/2023 às 13h36min

Saída de Manoel Soares da Globo envolve acusações de assédio, diz site

“folgado” e “grosso" com funcionários, principalmente quando se fala sobre as mulheres.

Metrópoles |
https://www.tnh1.com.br
Foto: Globo/Reprodução

A Globo confirmou a saída de Manoel Soares do canal nesta sexta-feira (30/6) e já anunciou os substitutos do apresentador no Encontro e no Papo de Segunda, do GNT. O fim do contrato, no entanto, teria um suposto motivo que envolve o compliance da emissora carioca.

De acordo com a jornalista Carla Bittencourt, do Notícias da TV, o apresentador teria sido demitido do canal por conta de uma série de denúncias no compliance da emissora, relacionadas a supostos assédios nos bastidores.

Fontes afirmam à jornalista que Manoel é acusado de ser “deselegante”, “folgado” e “grosso com funcionários, principalmente quando se fala sobre as mulheres.

Questionada pelo Metrópoles, a Globo alegou que não comenta assuntos do compliance.

Acusações contra Manoel Soares - Em abril deste ano, a colunista Fábia Oliveira, do Metrópoles, afirmou que o RH da empresa reabriu uma investigação contra Manoel Soares por assédio. O caso havia sido suspenso pelo ex-diretor Ricardo Waddington.

Amauri Soares, novo diretor da emissora, assumiu o canal em 2 de junho, mas a colunista soube que, mesmo antes de ocupar o novo cargo, ele impôs a retomada da apuração junto a Paulo Marinho.

Fontes ligadas à TV Globo revelaram que colaboradores que já não fazem mais parte da equipe estão sendo convocados para contarem tudo o que aconteceu com eles. Os relatos incluem situações vividas desde a época do É de Casa, cerca de três anos atrás, programa que Manoel apresentava antes de ser remanejado ao Encontro.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp