16/06/2023 às 21h20min - Atualizada em 16/06/2023 às 21h20min

São João de Maceió - Polícia pede prisão de DJ indiciado por furtos em imóveis na Pajuçara

Conhecido no meio artístico como DJ Ruhtra, ele iria se apresentar no próximo dia 24 deste mês, no São João de Maceió, mas foi retirado da programação

Hebert Borges
https://www.gazetaweb.com/
DJ é acusado de invadir apartamentos e furtar vizinhos em bairros nobres de Maceió
A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) pediu a prisão preventiva do DJ Arthur José dos Anjos Gonçalves, de 28 anos, por ser reincidente no crime de furto. Nessa quinta-feira (15), ele foi indiciado, mais uma vez. Neste caso mais recente, o DJ foi filmado dentro do apartamento de uma funcionária pública, onde furtou joias e dinheiro.
 

Conhecido no meio artístico como DJ Ruhtra, ele iria se apresentar no próximo dia 24 deste mês no São João de Maceió, no polo de Fernão Velho, mas foi retirado da programação, segundo a prefeitura, “após as denúncias do suposto envolvimento dele em casos de furto”.

De acordo com a polícia, Arthur dos Anjos é de uma família de classe média, aluga imóveis em bairros nobres e furta os vizinhos. Ele já é réu em um processo, confessou os crimes, mas está solto porque não há flagrante, nem mandado de prisão.

Ele foi descoberto após furtar pela segunda vez o mesmo apartamento, momento em que foi flagrado por câmeras de videomonitoramento. A vítima é a funcionária pública Denise Veiga, que mora no bairro Pajuçara. Ela conta que, no começo do mês, sumiu uma quantia em dinheiro que ela guardava em um cofre no quarto.

 

Veiga relatou que mora com o marido e, além deles, somente a diarista entra no apartamento. Do cofre, sumiram dólares, euros e reais. Ela contou que foi um momento muito delicado por surgirem desconfianças. Na delegacia, ela foi orientada a instalar câmeras em casa, e assim, o fez.

E foi aí que veio a surpresa. O ladrão voltou à cena do crime e foi flagrado pela câmera entrando no quarto da vítima. A funcionária pública disse que, desta segunda vez, ele furtou joias da família.

Em posse das imagens ela foi até o hall do prédio, ocasião em que encontrou Arthur dos Anjos e chegou a chamar a polícia. Na delegacia, ele foi ouvido e liberado.

Outra vítima do DJ foi um casal de idosos que foi furtado no final do ano passado. Eles moram em um prédio na Ponta Verde. O casal teve dinheiro levado pelo acusado. Segundo a polícia, nesse caso, ele chegou a fazer amizade com as vítimas, que, inclusive, lhe davam comida.

O Arthur prestou depoimento à polícia na última quarta-feira (14). Ele confessou o crime e disse que entrou nos apartamentos pela janela. A polícia desconfia dessa versão e suspeita que ele faça uso de alguma chave mestra.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp