12/04/2024 às 12h28min - Atualizada em 12/04/2024 às 12h28min

Rodrigo Carvalheira: quem é o empresário preso por suspeita de estuprar e agredir mulheres?

Proprietário de um restaurante e de diversos empreendimentos imobiliários, recifense já ocupou o cargo de secretário de Turismo de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco

Por: Luiza Lopes
https://www.terra.com.br
Reprodução
Na manhã desta quinta-feira (11), o empresário Rodrigo Carvalheira foi preso no Recife sob acusações de estupro e violência contra mulheres. Ele foi conduzido à Delegacia da Mulher, localizada em Santo Amaro, região central da capital pernambucana.

Após sair da delegacia, Rodrigo foi visto acompanhado de sua esposa e, em entrevista à TV Globo, disse que ficou surpreso diante das acusações. "Tudo será apresentado. Sou inocente. São muito minhas amigas e eu acho incrível que está acontecendo isso", afirmou.

A advogada Graciele Queiroz, que defende o empresário, disse em nota que a prisão de Rodrigo "causou espanto e estranheza para todos" e que "os fatos narrados são graves, porém baseados unicamente na opinião da autoridade policial e na coleta de depoimentos".

Em nota, a defesa afirma que "Rodrigo, ao longo dos últimos meses, se colocou a disposição da autoridade policial para prestar esclarecimentos e colaborar com a polícia. Seu objetivo sempre foi provar sua inocência e esclarecer os fatos confusos. Rodrigo pediu para ser ouvido de forma espontânea na delegacia, mas a delegada que preside o inquérito não aceitou o pedido".

Quem é Rodrigo Carvalheira?

Conhecido por ser proprietário de um restaurante e diversos empreendimentos imobiliários, Rodrigo já ocupou o cargo de secretário de Turismo de São José da Coroa Grande, localizado no Litoral Sul de Pernambuco. Em outubro de 2023, foi eleito presidente do antigo PTB no estado; o partido se fundiu ao Patriota em novembro de 2023, originando o PRD.
 
As mulheres que fizeram as denúncias são parte do círculo de amizades de Rodrigo, embora seus nomes não tenham sido divulgados. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretou a prisão preventiva do empresário, que deve ser encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), situado em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Ao g1, o Tribunal de Justiça de Pernambuco informou que não poderia repassar informações sobre os crimes porque "casos que tratam de violência doméstica e sexual contra a mulher correm em segredo de justiça, com o objetivo de preservar a intimidade da vítima".

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp