05/03/2024 às 13h55min - Atualizada em 05/03/2024 às 13h55min

Corpo encontrado em geladeira é de uma mulher, vítima de aproximadamente 20 facadas

TNH1 com TV Pajuçara
https://www.tnh1.com.br
Maria Maciel / TV Pajuçara

A Polícia Civil de Alagoas informou que o corpo encontrado por um trabalhador que faz serviço de frete, na manhã desta terça-feira, 5, dentro de uma geladeira, em Guaxuma, na capital, é de uma mulher que foi vítima de aproximadamente 20 facadas. O delegado Thiago Prado deu mais detalhes em entrevista ao Fique Alerta

"Localizamos um corpo do sexo feminino, entre 40 e 50 anos de idade. Era uma mulher que estava amarrada e identificamos aproximadamente 20 golpes de arma branca na região posterior do pescoço e das costas. A perícia mais aprofundada acerca de todas lesões será realizada no Instituto Médico Legal. Além de amarrar a vítima e acondicionar nesse lençol com muita fita, ele a colocou dentro de uma geladeira e pagou para um frete desses comuns de descarte irregular. E essa pessoa que fez o frete trouxe a geladeira para essa região de mata, só depois é que a polícia veio a saber que teria um corpo dentro dessa geladeira", afirmou o delegado.

Em apuração no local onde o corpo foi localizado, a repórter da TV Pajuçara, Maria Maciel, noticiou que a mulher teve as mãos amarradas por um fio de tomada após ser morta, foi colocada dentro de sacos de lixo e enrolada em dois lençóis, um edredom e toalhas, todos repletos de sangue.

Ainda de acordo com a apuração da jornalista, o tempo da morte, pelo estado do cadáver, pode indicar que o crime não aconteceu há muito tempo, pois o corpo não estava tão rígido e, quando os peritos abriram a geladeira, ainda havia sinais de refrigeração. 

Entenda o caso - O refrigerador havia sido levado por um homem que faz serviço de frete até a Grota do Andraújo, em Guaxuma, e o cadáver foi flagrado pelo trabalhador no momento do descarte. 

Segundo o coordenador da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), Antônio de Pádua, o homem, ao encontrar o corpo, procurou o 6º Distrito Policial para fazer a denúncia. Ele disse que foi contratado por um outro homem, no Jacintinho, para fazer a entrega da geladeira em um endereço no Benedito Bentes.

"Estamos tentando identificar quem contratou o serviço de frete. O homem que encontrou o corpo disse que foi contratado por esse homem, com quem ele já tinha feito o mesmo serviço de frete anteriormente, e ia fazer a entrega dessa geladeira no Benedito Bentes. Ele pegou a geladeira no Jacintinho", iniciou.

"O homem disse que chamou algumas pessoas para ajudar, e foi buscar o pai, também para ajudar, no Conjunto José da Silva Peixoto. E eles seguiram para o Benedito Bentes, com o contratante acompanhando em outro carro. Só que quando chegou lá, eles rodaram, rodaram, e não encontraram o local de destino", continuou Pádua.

Após não chegar no endereço, o trabalhador contou para a polícia que foi orientado pelo homem para que o refrigerador fosse descartado numa área de mata. "O homem que o contratou desconversou quando não encontrou o endereço e disse que ele poderia descartar a geladeira no lixo, na mata. Aí esse homem que faz frete foi descartar, foi quando encontrou o corpo", explicou o coordenador da Oplit.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o caso e, para preservar o andamento da apuração, só vai repassar mais detalhes após a conclusão do inquérito.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp