29/02/2024 às 10h30min - Atualizada em 29/02/2024 às 10h30min

Polícia prende um dos suspeitos de matar jovem e atear fogo no corpo, no Sertão de AL

TNH1
https://www.tnh1.com.br
Arquivo Pessoal
A investigação sobre a morte de Marcos André de Lima Santos, de 23 anos, no município de Água Branca, avançou e levou a polícia a prender um dos suspeitos do crime nessa quarta-feira, 28, um mês depois do homicídio. Ele foi detido no município de Ribeiro do Pombal, no interior da Bahia. A informação foi divulgada na madrugada desta quinta, 29, pelo delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, responsável pelo inquérito.

Em vídeo enviado ao 
TNH1, Cavalcanti destacou que o homem detido agora deve responder por homicídio qualificado. "Foi um homicídio qualificado por motivo torpe, utilizando meio insidioso e cruel, um crime hediondo e bárbaro [...] Na oportunidade, quatro elementos munidos de arma de fogo deflagraram em sua região craniana, atearam fogo em seu corpo, e em seu veículo, a sua moto, e também atearam fogo no veículo de sua namorada. E depois se evadiram", contou o delegado.

Delegado Rodrigo Cavalcanti informa detenção de suspeito de atear fogo em jovem, no Sertão de AL

"Foi o trabalho integrado entre a Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, o Dinpol (Diretoria de Inteligência Policial), e a Polícia Militar de Alagoas, que fez a gente localizar e prender um dos investigados pelo fatídico crime ocorrido naquela oportunidade. Agradecer ao Poder Judiciário e Ministério Público, e a todos que contribuíram para o êxito da missão", continuou.

 
A polícia apreendeu uma arma de fogo, 32 munições e um aparelho celular. O material recolhido foi apresentado na delegacia para os procedimentos cabíveis. O preso fica à disposição da Justiça e deve ser encaminhado ao sistema prisional alagoano. Até o momento, não há informações sobre o paradeiro dos outros envolvidos.
 

VEJA TAMBÉM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp