08/02/2024 às 20h00min - Atualizada em 08/02/2024 às 20h00min

Polícia identifica autora de ataque homofóbico em padaria em Santa Cecília, em SP

Delegacia investiga o caso e realizou a identificação da suspeita. Defesa diz que espera julgamento imparcial: 'História completa exige abordagem mais sensível'

Rariane Costa
https://www.terra.com.br
Jaqueline Santos Ludovico deverá prestar esclarecimentos sobre a denúncia de agressões que cometeu contra o jornalista Rafael Gonzaga e o namorado Foto: Reprodução/Redes sociais
A Polícia Civil de São Paulo identificou e intimou a mulher que proferiu ataques homofóbicos a um casal na madrugada do último sábado, 3, dentro de uma padaria na região central da capital. Jaqueline Santos Ludovico, de 33 anos, deverá prestar esclarecimentos sobre a denúncia de agressões físicas e verbais que cometeu contra o jornalista Rafael Gonzaga e o namorado, o engenheiro civil Adrian Grasson. Os policiais que atenderam o caso também serão ouvidos.

Imagens divulgadas mostram o momento em que a mulher exaltada profere frases de cunho homofóbico contra o casal. Procurada pelo Estadão, Jaqueline afirmou não estar em condições de se manifestar sobre o caso no momento. A defesa, por sua vez, declarou que a mulher e a família estão sendo alvo de ataques desde o ocorrido e solicita ao poder público um julgamento imparcial "sem o peso indevido da pressão pública e do linchamento virtual".

"A história completa e a verdadeira complexidade dos eventos exigem uma abordagem mais sensível e equilibrada, que reconheça a situação de vulnerabilidade da Sra. Jaqueline e a injustiça de julgá-la apenas com base em fragmentos de informações", sugere a defesa em nota. Não foi detalhada qual seria a vulnerabilidade de Jaqueline no momento da ocorrência.

As vítimas registraram o boletim de ocorrência na segunda-feira, 5, dias depois do ocorrido, já que na ocasião afirmaram ter sido persuadidos a não comparecer à delegacia por policiais que atenderam o caso. "Tentaram fazer com que a gente não fosse naquele momento. Falaram: 'Se vocês forem fazer BO agora, não vai ter ninguém para atender vocês'", disse Gonzaga.


Mulher ataca casal gay em padaria de Santa Cecília, SP: "Sou de família tradicional"
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp