17/01/2024 às 10h43min - Atualizada em 17/01/2024 às 10h43min

Banco do Brasil e Tesouro lançam ação voltada a educação financeira e proteção das mulheres

Educa+ Mulher prevê apoiar mulheres na construção de reserva financeira necessária para subsidiar estudos para seus beneficiários

Redação
https://www.terra.com.br
A iniciativa busca incentivar que as mulheres façam seu primeiro investimento, com foco no título de renda fixa Tesouro Educa+ Foto: Firmbee/Unsplash
O Banco do Brasil e o Tesouro Nacional lançam nesta quarta-feira, 17, o programa Educa+ Mulher, com o objetivo de incentivar a educação financeira e proteção às mulheres, apoiando-as na construção da reserva financeira necessária para subsidiar no futuro os estudos para seus beneficiários, como filhos, netos ou sobrinhos.

A iniciativa busca incentivar que as mulheres façam seu primeiro investimento, com foco no título de renda fixa Tesouro Educa+, lançado em agosto do ano passado em parceria com a B3.

Além disso, fazendo qualquer investimento a partir de R$ 35, elas são automaticamente incluídas em apólice do BB Seguro de Vida Mais Mulher, válido por um ano. O seguro busca proteger o(a) beneficiário(a) caso ocorra uma perda inesperada da responsável financeira, o que pode comprometer o objetivo de dar sequência nos estudos.

Visando a completude dessas ações, as investidoras receberão, gratuitamente, conteúdos de educação financeira, com dicas, análises e sugestões, cursos e uma assessoria humana e digital, por meio do WhatsApp.

O programa faz parte da agenda de ações voltadas para a inclusão e o empoderamento feminino, por meio do incentivo a mulheres, especialmente mães-solo, a fazer seu primeiro investimento e pensar nos estudos e futuro profissional dos beneficiários.

As compras dos títulos podem ser feitas no app Investimentos BB, no portal ou em uma agência do Banco do Brasil. Saiba mais.

Inspirado em estudos do Prêmio Nobel

A criação do Tesouro Educa+ foi inspirada em estudos dos professores Robert Merton, ganhador do Prêmio Nobel de Economia em 1997, e Arun Muralidhar. Eles introduziram o conceito de produtos financeiros que facilitem o processo de poupar voltado a um planejamento educacional. Pelo conceito que criaram, esses produtos são acessíveis a qualquer pessoa, que determina quanto quer investir, com baixo custo e baixo risco.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp