07/01/2024 às 14h51min - Atualizada em 07/01/2024 às 14h51min

Polícia recebeu 70 alertas enquanto mulher era torturada e não agiu

Ceará

História por Notícias ao Minuto Brasil
https://www.msn.com
O celular da vítima recebeu mais de 70 notificações indicando a proximidade do agressor, mas ela não conseguiu visualizá-las, pois o aparelho estava sob posse do suspeito. © TV Verdes Mares/Reprodução
A mulher que foi vítima de uma agressão com faca por parte de seu ex-parceiro afirmou que a tornozeleira do agressor emitiu diversos alertas enquanto ela era submetida a horas de tortura e agressões, na noite de 30 de dezembro, no Ceará. O celular da vítima recebeu mais de 70 notificações indicando a proximidade do agressor, mas ela não conseguiu visualizá-las, pois o aparelho estava sob posse do suspeito.
 

De acordo com o site G1, o sistema de monitoramento eletrônico da tornozeleira também notificou a polícia; entretanto, segundo o relato da vítima, os policiais não prestaram ajuda de imediato. Ela sofreu diversos cortes de faca nas pernas, resultando em considerável perda de sangue, durante longas horas de agressões e ameaças.

Em uma entrevista à TV Verdes Mares, a mulher afirmou que o ex-parceiro invadiu sua residência, agarrando seus cabelos e proferindo ameaças desde o início. Ele atribuía a responsabilidade pelo uso da tornozeleira eletrônica a ela.

Entenda o caso

Um homem de 29 anos é acusado de esfaquear e maltratar a companheira em Fortaleza. Ele foi detido após registrar o crime e compartilhar as imagens nas redes sociais. A vítima sofreu múltiplos cortes nas pernas enquanto era mantida em confinamento na própria residência.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp