29/11/2023 às 20h43min - Atualizada em 29/11/2023 às 20h43min

CONTA OUTRA JHC: Evangélicos sem festa no feriado e a pergunta que não quer calar? Onde estão o R$1,7 bi da Braskem para ajudar as vitimas do Mutange

Cancelamento do Dia do Evangélico por causa de afundamento no Mutange levanta questão sobre o uso irracional da indenização de R$1,7 bilhão da Braskem

Redação
https://tribunadosertao.com.br
Prefeito JHC segura bandeira enquanto Neguinho da Beija-Flor e Ludmilla cantam Imagem: Itawi Albuquerque/Prefeitura de Maceió
A decisão de hoje (29) da Prefeitura de Maceió de cancelar as celebrações do Dia do Evangélico, alegando a necessidade de direcionar esforços e recursos para auxiliar as vítimas do afundamento de solo no bairro do Mutange, gerou uma onda de questionamentos entre a população local. O foco das indagações se volta para o paradeiro dos R$1,7 bilhão pagos pela Braskem como indenização pelo mesmo problema.

O Mutange, uma região historicamente afetada por desastres geológicos, tem sido o centro de uma crise humanitária e ambiental há anos. A indenização da Braskem, uma das maiores empresas químicas do Brasil, foi vista como um passo crucial para a reparação dos danos causados aos moradores afetados.

 

No entanto, o cancelamento das festividades religiosas, um evento de grande significado para a comunidade evangélica da cidade, levantou suspeitas e questionamentos sobre a administração dos recursos destinados à recuperação do bairro. Moradores e líderes comunitários questionam se os fundos estão sendo utilizados de maneira eficaz e transparente.


Por: Divulgação

O caso do Mutange não é isolado em Maceió. A cidade tem enfrentado diversos desafios relacionados a desastres naturais e humanos, colocando em cheque a eficiência das políticas públicas municipais. A decisão de cancelar um evento cultural e religioso, sob a premissa de realocar recursos, enquanto grandes somas de indenizações permanecem sem um destino claro, destaca a necessidade de maior transparência e responsabilidade na gestão municipal.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp