23/11/2023 às 12h22min - Atualizada em 23/11/2023 às 12h22min

GO: prefeito de Iporá se entrega à polícia após atirar contra a ex e o namorado dela

Naçoitan Leite invadiu casa e atirou em direção à mulher e ao homem pelo menos 15 vezes

Redação Terra
https://www.terra.com.br
Prefeito Naçoitan Leite se entregou após atirar contra a ex-mulher e o namorado dela Foto: Reprodução/Instagram
O prefeito da cidade de Iporá, em Goiás, Naçoitan Araújo Leite (sem partido), se entregou à polícia nesta quinta-feira, 23, após atirar contra a ex-mulher e o namorado dela na casa onde os dois moravam. O prefeito invadiu a casa com uma caminhonete e disparou, pelo menos, 15 vezes.

O crime aconteceu no dia 18 de novembro, e desde então, Naçoitan estava foragido. Nas redes sociais, o prefeito fez uma publicação dizendo que estava se apresentando de forma espontânea e que iria colaborar com a Justiça.

"Venho através das minhas redes sociais, prefeito de Iporá, Naçoitan Leite, me apresento nesse momento às autoridades policiais de forma espontânea. Irei colaborar com a Justiça em tudo que for necessário. Decidi me apresentar em minha cidade (Iporá-Goiás), onde devo esclarecimentos à população que me confiou ser prefeito do município. Estarei à disposição da Justiça!", escreveu.

Procurada pelo Terra, a Prefeitura de Iporá informou que não irá se manifestar sobre o caso. A defesa do prefeito não foi encontrada para se posicionar. O espaço segue aberto para manifestação.

A Polícia Civil de Goiás confirmou que o prefeito se entregou nesta manhã, e informou que a autoridade policial da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Iporá realiza a oitiva do suspeito.

Entenda o caso

O prefeito Naçoitan Leite invadiu a casa da ex-mulher com uma caminhonete e atirou pelo menos 15 vezes contra ela e o namorado dela no dia 18 de novembro. Após o crime, ele fugiu.

A Justiça determinou a prisão de Naçoitan no mesmo dia do crime, e ele ficou foragido. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o prefeito invadiu a casa.

Em entrevista à TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, a mulher relatou que viveu momentos de pânico. Ela estava dormindo quando foi acordada pelo barulho da porta de vidro da cozinha quebrando. O prefeito atirou contra a porta do quarto dela.

Ela afirmou acreditar que o ex-marido foi até o local com a intenção de matá-la, por não aceitar o fim do relacionamento.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://publicanews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp